Na contramão da maioria dos países, a França tornou-se o primeiro país do mundo a proibir a venda de copos, taças, pratos, talheres e outros utensílios descartáveis de plástico, graças a uma lei aprovada há pouco mais de um mês e que faz parte do projeto Transição Energética para o Crescimento Verde. Esse é um plano francês de tornar o país um dos líderes na adoção de práticas de redução de impacto ambiental no mundo.

sacolas-plasticas-banidas
Crédito: https://www.vemdolixo.com/blog/2016/09/22/franca-bane-copos-talheres-e-pratos-de-plastico/

Na verdade esta é a segunda etapa do projeto. A primeira, foi a proibição das sacolas plásticas em julho deste ano. Como já é cultural no país utilização de sacolas reaproveitáveis para compras em supermercado, a transição foi muito mais fácil do que será com os demais produtos. Esse é o grande desafio.

Apesar de aprovada em 2016 a lei passa a valer completamente a partir de 2020, o que permite aos estabelecimentos comerciais se adequarem às novas regras sem problemas. A Lei, na verdade, não proíbe completamente os plásticos mas obriga que os produtos sejam constituídos de pelo menos 50% de material de origem vegetal e biodegradável. Essa quantidade vai aumentar para 60% depois de 2025.

Com essa segunda etapa em andamento, a França pretende reduzir o impacto ambiental do plástico, derivado do petróleo e a redução dos custos com energia para reciclagem desses utensílios.

Os ecologistas e ambientalistas comemoram este que deve ser o primeiro passo rumo a um novo caminho onde a tendência é reaproveitar melhor os materiais e gerar menos resíduos. Por um mundo melhor! Eu acredito!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

Anúncios