Como já falamos um pouco neste link, essa é uma história linda, de duas engenheiras civis que desenvolveram um projeto numa região muito difícil de se viver. Linda história de empreendedores que quase desistiram mas que conseguiram seguir em frente e desenvolver um projeto inovador!

Se conseguir materiais de construção em meio a uma guerra é uma tarefa quase impossível, em Gaza, por causa dos bloqueios do governo israelense, todos os materiais de construção são importados e precisam passar por um processo muito caro e demorado, devido a alta demanda do local. Durante muitas décadas, Gaza foi submetida a situações extremas, como três guerras em seis anos e um cerco forçado por 10 anos. Tudo isso ajudou para que se tivesse escassez, especialmente com relação aos materiais de construção, onde a demanda de unidades de construção está aumentando anualmente. Por exemplo, a demanda de blocos de construção atingiu até 40.000 blocos por dia.

 Isso tem motivado a sua amiga Rawan, assim como a si mesma, a criar uma solução urgente que poderia ser adaptável, acessível, durável e sempre disponível para compensar a lacuna do mercado. Tudo começou com idéias de projeto sobre os blocos de construção de peso leve, como blocos de Aircrete.

rdjhbu1bor7gdc80n59l
Crédito: https://www.indiegogo.com/projects/greencake-environment#/

Nas últimas décadas, Gaza dependeu da combustão do carvão para gerar eletricidade. Este processo resulta em uma enorme quantidade de cinzas. Este pó inutilizável vem causando poluição direta para a água subterrânea, uma vez que permeia rapidamente através de partículas do solo. Prestando atenção à condição ambiental ligada à combustão de carvão na Faixa de Gaza, a pesquisa delas girou em torno de alternativas que pudessem substituir a rocha e a areia pelos escombros de concreto e as cinzas de carvão.

green-cake-project-gaza
Crédito: https://www.indiegogo.com/projects/greencake-environment#/

Matéria-prima não falta, mais de 7 toneladas são produzidas semanalmente, mas o processo até que as engenheiras chegassem à combinação ideal de materiais que garantisse a resistência necessária para os blocos de construção foi longo e contou com muita determinação. Os primeiros testes não suportaram o peso e elas precisaram de várias tentativas até chegarem ao GreenCake.

ocngdnrcqmk74ke7wmya
Crédito: https://www.indiegogo.com/projects/greencake-environment#/

O GreenCake participou de uma incubadora de start-up denominada Mobaderoon III: Mobaderoon deu à equipe um monte de conhecimento sobre o mundo do empreendedorismo, abriu muitas portas para elas estabelecerem o primeiro protótipo de GreenCake. A equipe se tornou mais familiar e envolvida com o ambiente de negócios e teve reuniões com muitos especialistas que forneceram o feedback necessário para manter o sucesso.

v4rseqhxsps9dmxzqckr
Crédito: https://www.indiegogo.com/projects/greencake-environment#/

Para avançar com o projeto, a equipe participou do concurso do MIT para projetos de start-up árabes e seu projeto foi selecionado entre os 70 participantes dos semi-finalistas do concurso, sendo que participaram mais de cinco mil empreendedores. Portanto, este foi um grande impulso para a GreenCake. Infelizmente a equipe não foi capaz de viajar por causa da situação política e do controle de fronteiras para completar a competição.xnvls55ps5dud3gtdct4

Depois desse grande baque, Majd decidiu interromper o projeto, depois de todos os contratempos que enfrentou. Miki – a amiga de Majd – aconselhou-a a candidatar-se a outro desafio em Gaza, financiado por uma equipa japonesa (Japan Gaza Innovation Challenge). Ela participaram do Boot Camp que e isso foi muito inspirador para elas! Os japoneses deram-lhe a luz brilhante da esperança outra vez: o projeto ganhou O PRIMEIRO PRÊMIO!

l2lexq2dccptoihrydvs
Crédito: https://www.indiegogo.com/projects/greencake-environment#/

Agora, a dupla corre atrás de financiamento coletivo em busca de dinheiro para desenvolver a produção. Elas esperam captar recursos para desenvolver o bloco GreenCake e fazer mais testes, a fim de estabelecer uma linha de mini-produção em Gaza. Para isso, contam com a ajuda de todos para obterem 55 mil dolares.

Caso tenha interesse em ajudar acessem o link.

A seguir, temos alguns vídeos mostrando o processo construtivo:

O vídeo abaixo mostra as engenheiras colocando a mão na massa:

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível!

ywhiiszkfiscmwzmoolt

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

Anúncios