Todos os anos, cerca de 1 trilhão de sacos de plástico são consumidos em todo o mundo. Este é um gravíssimo problema ambiental no mundo inteiro. Existem inúmeras pesquisas que tem como objetivo buscar soluções para reduzir esse mal que invade os oceanos – afetando a vida marinha e, consequentemente, todo o planeja, já que todo ser vivo do planeta depende, e muito, do oceano (isso vamos discutir num outro post). Uma das alternativas foi adotada pela Avani Eco, uma empresa de Bali, na Indonésia, que criou uma sacola muito similar aos sacos plásticos encontrados no mercado, mas com a vantagem de ser totalmente ecológica.

14706738_1253964288000679_1018462360674171666_o.jpg

Muitos produtos que são comercializados como “ecológicos” podem não ser necessariamente benéficos para o meio ambiente. A noção de “lavagem ecológica” tem sido o denominador comum feito por muitas empresas “verdes” em todo o mundo, a fim de maximizar o lucro sem a sincera integridade e paixão no esforço para um mundo mais limpo e mais verde. A Avani Eco, está totalmente empenhada em oferecer os melhores produtos eco-friendly de forma econômica e tolerância ZERO para o uso de plástico à base de petróleo para salvar nosso planeta desta epidemia de plástico maciço em curso .

12250102_1022289327834844_3049658791183876418_n.jpg

O saco da companhia Avani Eco é feito com mandioca e se dissolve na água. E isso evita que o material fique por anos poluindo a natureza. Na composição do produto não entra nada que seja derivado de petróleo. Os sacos Avani são feitos de material puramente 100% baseado em biologia e também é amplamente considerado como um dos custos mais baixos para o bioplástico à base de mandioca, além de ter características distintivas como abaixo:

– 100% feito a partir de biocombustíveis renováveis, não de petróleo
– Composível e biodegradável
– Seguro para consumir animais terrestres e marinhos
– Pode ser reciclado junto com papel
– Forma e design customizáveis
– Pode ser dissolvido em menos de 150 dias quando descartado em corpos de água.

12299104_1030029803727463_2416160052118204893_n

O fundador da empresa Kevin Kumala, inclusive, bebeu um pedaço do plástico dissolvido em água para provar que  sua sacola realmente é biodegradável e a ingestão pelos animais não causa nenhum mal.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

Anúncios