Como já falamos aqui a China vive um momento de transição energética inaugurando projetos de energia limpa como o Parque Solar Longyangxia Dam, numa área de 25 quilômetros quadrados, considerado o maior do mundo. Até 2020, a China pretende reduzir em mais de um terço os preços de equipamentos utilizados em projetos de usinas solares, o que tornará esse tipo de geração competitiva com o carvão.

Neste mês os chineses inauguraram mais uma estação de produção de energia solar. No entanto, desta vez, as placas foram organizadas de uma forma diferente: do alto, formam um panda gigante. A usina foi construída em Datong, na província de Shanxi, no norte do país.

A construção da usina Datong Panda, que começou oficialmente em novembro de 2016, é a primeira de uma parceria entre a empresa chinesa China Merchants New Energy e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), assinada em setembro do ano passado.

A estação de energia solar em forma de panda foi construída em uma área equivalente a cerca de 150 campos de futebol. A empresa responsável pelo projeto informou que a capacidade total de geração de energia será de 100 MW (megawatt) quando todo o projeto estiver concluído. Atualmente, 50 megawatts já estão ligados à matriz energética do país.

“A central de energia Datong Panda é o ponto de partida do layout global da Panda Green Energy no projeto Panda Power Plant, que é de grande importância para a aplicação global de energia verde, a comunicação de conceito verde e a transformação de energia. Uma usina Panda de 100MW pode fornecer 3,2 bilhões de kWh de eletricidade verde em 25 anos, o equivalente a economizar 1,056 milhões de toneladas de carvão ou a reduzir 2,74 milhões de toneladas de emissões de dióxido de carbono”, diz a empresa.

O primeiro projeto do “Panda Green Energy” é parte de um acordo de cooperação com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).  há o “Belt and Road”, que é um acordo firmado entre diversos países para o combate às mudanças climáticas. Entre eles, fazem parte Fiji, Filipinas e outros países em desenvolvimento. Fiji inclusive deve ser o próximo a ganhar a usina solar em formato de panda.

Apesar de inusitada, esta não é a primeira usina solar em formato diferente. No ano passado, a Disney construiu uma central com a cara do Mickey.

RTEmagicC_20170628171654_-_fit

RTEmagicC_515008904_02
Próximo projeto, em Fiji
disneysolar2
Usina com formato do Mickey

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

Anúncios