Hoje quando olhamos para certos hábitos e políticas do passado da maioria dos países, muita coisa parece tão absurda que é difícil acreditar que pouco tempo atrás a humanidade funcionava assim (por exemplo a escravidão). Mas daqui a 50, 100 anos, quais dos nossos hábitos parecerão igualmente absurdos no futuro? Difícil precisar, mas um deles parece fácil de supor: o uso irrefreável de petróleo e outros combustíveis extremamente poluentes que hoje tanto move nossa sociedade.

É evidente que tal hábito precisa acabar, e a França deu um passo importante para tal meta. O ministro do Meio Ambiente da França, Nicolas Hulot, anunciou nesta quinta-feira (06/07) que o país vai banir todos os carros movidos a gasolina ou diesel até 2040. Para Hulot, a mudança será difícil para os fabricantes, mas a indústria tem ótimas condições para se adaptar. “Nossos fabricantes de [carro] têm ideias suficientes na gaveta para cumprir com essa promessa… que também é um problema de saúde pública”. Ele lembrou como a questão da poluição no ar é um problema no mundo inteiro.A medida faz parte dos planos do presidente Emmanuel Macron de tornar a França uma nação neutra em carbono até 2050.

FPetrol_INTERNA.jpg

Paris irá oferecer neste período de 23 anos, até a entrada em vigor da medida, incentivos financeiros a donos de veículos poluidores, disse Hulot, que não deu mais detalhes. Parte do planejamento inclui incentivos e premiações para moradores de regiões mais pobres que trocarem seus carros autuais por carros elétricos. O anuncio se deu depois que a Volvo afirmou que pretende somente construir carros elétricos a partir de 2019. Outras medidas, como o fim do uso de carvão para eletricidade até 2022 estão sendo anunciados pelo governo francês.

FPetrol3.jpg

A Alemanha, a Holanda e a Noruega também já estabeleceram prazos, que chegam no máximo a 2030, para retirar carros poluidores das ruas.

Volvo

Como dito acima, a empresa informou na última semana que a partir de 2019 vão produzir exclusivamente carros elétricos. O objetivo é vender 1 milhão de veículos até 2025, de variados modelos – de carros totalmente elétricos a versões híbridas. A decisão inicialmente se aplica à Volvo Cars, ou seja, os caminhões continuarão a ser produzidos como agora pela Volvo Trucks.

“O anúncio marca o fim dos motores exclusivamente a combustão”, anunciou Hakan Samuelsson, presidente da Volvo. “A demanda por carros elétricos é crescente, e queremos dar uma resposta a nossos consumidores.”

Gás Natural

Outra medida importante é a da Noruega sobre a proibição do uso de óleo para aquecimento de edificações até 2020. Também pioneiro na decisão, o país escandinavo – que é o maior produtor de gás natural do mundo fora do Oriente Médio – foi o primeiro país a se comprometer com o desmatamento zero no ano passado.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

http://www.hypeness.com.br/2017/07/franca-decide-banir-totalmente-veiculos-movidos-a-diesel-e-petroleo-ate-2040/

http://extrapauta.com.br/semana-positiva-para-quem-sonha-com-um-mundo-livre-de-combustiveis-fosseis/

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/geral/47508/franca+vai+banir+todos+os+carros+movidos+a+gasolina+e+diesel+ate+2040.shtml

http://ciclovivo.com.br/noticia/franca-vai-banir-veiculos-movidos-a-diesel-e-petroleo-ate-2040/

Anúncios