Telhados verdes ou cobertura vegetal é um sistema construtivo que consiste na aplicação de uma camada vegetal sobre uma base impermeável. É instalado em lajes ou até mesmo sobre telhados convencionais e consiste em camadas de impermeabilização e de drenagem, as quais recebem o solo e a vegetação indicada para o projeto. No entanto muitas vezes é encontrada uma dificuldade para o cidadão comum que quer apenas conhecer a viabilidade dessa solução para sua casa ou edifício, e provavelmente não irá recebê-la de forma totalmente imparcial de um vendedor. Por isso, vamos tentar explicar melhor como funciona e como montar o seu telhado verde. Se você quiser se aprofundar mais e saber quais as vantagens e desvantagens desse sistema construtivo, clique aqui.

commercial-green-roof

Segundo a International Green Roof Association (IgraIgra), existem duas opções de utilização principais para os telhados verdes: um, como um jardim no telhado com uma vista agradável para o proprietário; o outro, um habitat não perturbado para a flora e a fauna dentro dos centros urbanos cinzentos. Ambas as variações oferecem uma ampla gama de benefícios públicos e privados. Decidir sobre o qual a utilização para focar é crucial e tem que ser considerado tão cedo quanto a fase de planejamento. Além disso, a capacidade máxima de suporte de carga, manutenção, seleção de planta, substratos e o orçamento de despesas devem corresponder com o tipo de telhado verde desejado.

Os seguintes critérios podem ser usados para caracterizar três formas diferentes de telhados verdes:os telhados verdes podem ser de três tipos:

  • extensivo: são bem adequados para telhados com pouca capacidade de carga e locais que não são destinados a ser usados como telhados. Os custos são mais baixos do que simples telhados verdes intensivos ou intensivos. A camada de substrato mineral, que contém poucos nutrientes, não é muito profunda, mas é adequada para comunidades de plantas menos exigentes e de baixo crescimento. Tem configuração de um jardim, com plantas rasteiras de pequeno porte. A altura da estrutura, descontada a vegetação, vai de 6 cm a 20 cm. O peso do conjunto fica entre 60 kg/m² e 150 kg/m²;                                                                     Extensive-Green-Roof-2
  • intensivo: plantas perenes, arbustos e árvores são possíveis em telhados verdes intensivos. Passarelas, bancos, playgrounds ou até lagoas podem ser estabelecidos como características adicionais no telhado. Não há limitações no design e individualidade, mas algumas coisas devem ser consideradas. Comporta plantas de nível médio a grande em uma estrutura de 15 cm a 40 cm. A carga prevista varia entre 180 kg/m² e 500 kg/m²;                                                                                                        Intensive-Green-Roof-1.jpg
  • semi-intensivo: Os telhados verdes semi-intensivos, em termos de requisitos, se enquadram nos sistemas de telhado verde extensivo e intensivo. Mais manutenção, custos mais elevados e mais peso são as características desse tipo de telhado verde intermediário comparado ao do telhado verde extensivo. Os telhados verdes semi-intensivo tem vegetação de porte médio plantadas num sistema de 12 cm a 25 cm. Pode exercer uma carga de 120 kg/m² a 200 kg/m².                                                          Semi-Intensive-Green-Roof-2.jpg

Independentemente do tipo, os sistemas empregados em coberturas verdes podem variar bastante já que, além de. Em uma aplicação típica, a montagem de um telhado verde pode ser feita diretamente sobre uma laje, aplicando-se todas as camadas nessa sequência:

telhado-verde-camadas2.jpg
Laje. Base do telhado verde. Local onde ele será apoiado e, por consequencia, deve ser calculado para resistir aos esforços do peso de todo o telhado verde;

Membrana a prova d´água. Pode ser uma manta plástica, lona vinílica, etc. Feita para garantir que a laje esteja protegida contra infiltrações;

Membrana antiraiz. Inibe a penetração de raízes em estruturas de concreto, alvenaria e argamassa e, portanto, será extremamente útil para esse telhado;

Proteção Mecânica. Proteção extra para não dafinicar o impermeabilizante;

Drenagem. Serve para reter a água e drenar para o local adequado, evitando assim, empoçamento da água;

Filtro. Serve para filtrar a água que será drenada evitando entupimento de tubulações;

Substrato e Vegetação. Este é o seu telhado verde

Os telhados verdes exigem a instalação do sistema em uma cobertura impermeabilizada, e a estrutura da edificação deve suportar o sistema dimensionado para ela. Como normalmente, o ângulo de inclinação da cobertura é baixo ou nulo – esse fator determina a forma de drenagem ou a necessidade de barreiras para conter o fluxo de água e evitar empoçamentos. Após o preparo da cobertura e a instalação das camadas do sistema, deve-se aplicar a terra e plantar as espécies vegetais adequadas. Plantas locais, mais resistentes e que exijam pouca rega e poda, podem facilitar a manutenção. No geral, coberturas verdes extensivas usam grama por conta da durabilidade. Normalmente a manutenção do telhado verde pode ser feita uma ou duas vezes por ano, dependendo do sistema aplicado. Os telhados verdes intensivos requerem maior manutenção.

i339888.jpg

Em linhas gerais telhados verdes apresentam-se como excelente solução em arquitetura, reaproximam o homem dos ambientes verdes, contribuem para o combate aos GEE’s (gases de efeitos estufa), melhoram a qualidade de vida nas áreas urbanas e proporcionam um embelezamento impar às edificações. Se você quiser se aprofundar mais e conhecer mais as vantagens e desvantagens dos telhados verdes, clique aqui.

No Brasil, o sistema ainda é pouco utilizado e não tem normatização. Algumas cidades e Estados, como Porto Alegre, Santa Catarina e Guarulhos (SP), têm leis e/ou instruções que incentivam a implementação das coberturas verdes em edificações públicas e privadas.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

  • http://www.ecocasa.com.br/telhados-verdes
  • http://www.igra-world.com/benefits/private_benefits.php
  • http://www.ecocasa.com.br/telhados-verdes
  • http://infraestruturaurbana.pini.com.br/solucoes-tecnicas/16/1-telhado-verde-cobertura-de-edificacoes-com-vegetacao-requer-260593-1.aspx
  • http://2030studio.com/telhado-verde-uma-opcao-sustentavel/
  • http://sustentarqui.com.br/dicas/vantagens-e-desvantagens-de-um-telhado-verde/

Anúncios