Quando nos pedem para citar inventores importantes, nomes como Thomas Edison, Alexander Graham Bell e Leonardo da Vinci provavelmente virão à sua mente. Porque será que nunca ouvimos falar de mulheres no quesito inovação tecnológica? Nem mulheres como Ann Tsukamoto? Grace Hopper? Shirley Jackson? Hedy Lamarr? Já ouviu falar delas?

Talvez não, mas certamente conhece seus feitos e os utiliza com muita frequência: Tsukamoto, por exemplo, desenvolveu um processo para isolar células-tronco humanas. Não vamos estragar a surpresa, vamos deixar para você descobrir nas próximas linhas a importância da descoberta de cada uma delas.

A BBC publicou uma matéria sobre algumas mulheres inspiradoras e nós fomos atrás de mais algumas para complementar essa matéria incrível. Vamos a elas! Separamos em três páginas para facilitar a leitura. Abaixo, vamos apresentar as 10 primeiras invenções. Caso queira ver as outras 20, clique aqui e aqui.

1. Softwares de computadores – Grace Hopper

Depois de entrar na Marinha dos EUA, ainda durante a Segunda Guerra Mundial, a almirante Grace Hopper foi destacada para trabalhar num novo computador chamado Mark 1.

Com Ph.D em matemática pela Universidade Yale e apelidada de “Amazing Grace”, Hopper foi responsável por inventar o primeiro compilador para linguagens de programação (ferramenta que transforma o código-fonte em uma linguagem), levando à criação do COBOL (Linguagem Comum Orientada para os Negócios, em inglês), a primeira linguagem de programação voltada ao uso comercial. Sua invenção fez com que a programação fosse mais rápida e acabou revolucionando a forma como esses sistemas funcionam.

02-compilador.jpg

Hopper também popularizou o termo “debugging”, usado para até hoje para descrever o processo que evita e reduz defeitos de softwares, depois que uma mariposa foi tirada de dentro da máquina dela.

2. Identificador de chamadas e chamada em espera – Shirley Ann Jackson

Shirley Ann Jackson é uma física cuja pesquisa, nos anos 1970, a levou a criar o identificador de chamadas e a chamada em espera.

Durante a sua infância, as escolas dos Estados Unidos ainda eram segregadas, o que impediu que Shirley tivesse acesso a escolas de qualidade. Na faculdade também encontrou barreiras raciais e era evitada até pelas outras mulheres. Mas a determinação de Shirley permitiu que ela concluísse seus estudos e conquistasse seu doutorado.

Shirley-Jackson-A-Tecnologia-das-telecomunicações-768x450.jpg

As invenções de Jackson no campo das telecomunicações também permitiram que outros inventassem o fax portátil, cabos de fibra ótica e células solares. Ela foi a primeira mulher negra americana a ganhar o título de doutora pelo MIT, sigla em inglês para o renomado Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

3. Máquina de Sorvetes – Nancy Johnson

O design da máquina inventada por Nancy Johnson era bastante simples, mas costumava fazer sorvete em casa nesta máquina. Era um dispositivo manual movido por uma alça. Um balde de madeira exterior continha gelo triturado; um cilindro interior de estanho ou estampa continha a mistura de sorvete a ser congelada. Uma tampa foi aparafusada e o punho inserido pela parte superior da tampa e girou para congelar a mistura.

5a9cc9_c460b55927524159ae289834708c4736.png

O dispositivo adotado na alça foi chamado de dasher. Foi possível dividir o cilindro interno de modo que 2 sabores de sorvete diferentes pudessem ser congelados simultaneamente, mas separadamente. A invenção foi patenteada em 1843, o primeiro desses dispositivos listado, mas Nancy vendeu-o de forma barata. No entanto, tornou-se o mecanismo padrão por muitos anos e alguém fez uma fortuna desta invenção.

4. Bateria de longa duração – Olga D. Gonzalez-Sanabria

150px-Gonzalez_SanabriaPode até ser que a descoberta de Olga D. Gonzalez-Sanabria não seja a mais empolgante desta lista, mas as baterias de níquel e hidrogênio com longa duração são tão importantes que ajudaram a manter ligada a Estação Espacial Internacional.

A porto-riquenha desenvolveu essa tecnologia em 1980. Atualmente, é diretora de engenharia de um dos centros de pesquisa da Nasa em Ohio, nos EUA.

5. Lava-louças – Josephine Cochrane

Josephine Cochrane queria uma máquina que lavasse pratos mais rápido que seus empregados e que não os quebrassem.

maquina-lavar-louça-Josephine-Cochrane-740x357.jpg

Criou, assim, uma máquina cujo motor fazia uma roda girar dentro de uma caldeira de cobre e usava a pressão da água. Mas o que motivou Cochrane a patentear a invenção em 1886 e a abrir sua própria fábrica de produção foram as dívidas deixadas pelo marido, que era alcoólatra.

A sua máquina foi destaque na Chicago World Fair em 1893, e foi a base para os modelos que se seguiram.

6. Sistema de segurança doméstico – Marie Van Brittan Brown

A enfermeira, que passava boa parte do dia sozinha em casa, teve uma ideia para se sentir mais segura. Foi então que, em parceria com o marido, Marie Van Brittan Brown desenvolveu o primeira sistema de segurança doméstico.

circuito-fechado-televisao-Marie-Van-Brittan-Brown-740x357.jpg

O equipamento era complicado: uma câmera conectada a um motor se movia para cima e para baixo na porta para registrar imagens por meio de um olho mágico. O monitor, no quarto do casal, estava equipado com um alarme.

7. Isolamento de células-tronco – Ann Tsukamoto

A patente do isolamento de células-tronco de humanos foi concedida em 1991 e, desde então, o trabalho de Ann Tsukamoto já levou a grandes avanços.

A descoberta tem ajudado a compreender o sistema sanguíneo de pacientes com câncer, o que faz aumentar as esperanças de se descobrir a cura da doença.

Ann-Tsukamoto-Isolamento-de-células-tronco-1024x600.jpg

Atualmente, Tsukamoto tem conduzido mais pesquisas sobre o crescimento de células-tronco e é cotitular da patente em sete outras invenções.

8. Seringa – Letitia Mumford Geer

Em 2 de abril de 1899, a americana Letitia Geer registrou a patente da primeira seringa para aplicação de substâncias por meio de um pistão, e que podia ser utilizada com apenas uma mão pelo médico.

05-seringa.jpg

O conceito inventado por Geer facilitou bastante a vida dos profissionais de saúde, e as seringas modernas são inspiradas pelo modelo apresentado pela inventora. O documento que mostra a patente original, registrada no fim do século 19, está disponível online. Veja a patente original.

9. Monopoly – Elizabeth Magie

blog_smith-monica-2015-03-26_magie-elizabeth-newspaper-storyA criação de um dos jogos de tabuleiro mais populares da história já foi atribuída a um homem chamado Charles Darrow. Mas as regras do Monopoly, lançado no Brasil como Banco Imobiliário, foram na verdade inventadas por Elizabeth Magie.

O objetivo de Magie era demonstrar a acumulação de riqueza com um jogo inovador, no qual os jogadores trocaram dinheiro e propriedade falsos. Ela patenteou em 1904 o “Landlord’s Game” (“O jogo do proprietário”, em tradução livre).

A versão que conhecemos hoje foi lançada em 1935 pela empresa Parker Brothers. Ao descobrir que Darrow não era o único criador, a companhia comprou a patente de Magie por apenas US$ 500.

10. Bote Salva-vidas – Maria Beasley

Não se sabe muito sobre a vida pessoal de Maria Beasley, alguns registros apontam que ela era uma dona de casa desempregada na Filadélfia (EUA), mas depois se tornou uma inventora e empresária bem sucedida.Maria-Beasley-–-O-bote-salva-vidas-768x450.jpg

Ela focou boa parte do seu trabalho na criação de um novo modelo de bote salva-vidas. Nos anos de 1870 os botes salva-vidas eram feitos essencialmente de madeira. Sabe aquelas jangadas que vemos em desenhos animados com vários bambus amarrados para flutuar na água? Basicamente era daquele jeito.

Maria queria criar um novo bote salva-vidas que fosse a prova de fogo, compacto, seguro e fácil de ser usado. O seu modelo foi criado em 1880 e possuía grades de proteção laterais e flutuadores de metal retangulares.

Ao utilizar novos materiais, o seu modelo de bote salva-vidas podia ser dobrado e desdobrado facilmente para uso e armazenamento.

Sua invenção salvou milhares de vidas durante o naufrágio do Titanic.

 

 

Para acessar as demais invenções, clique aqui e aqui.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível para tentar mudar a vida de outras pessoas e melhorar o mundo! Não precisa ser só para os amigos engenheiros ou arquitetos! Vamos divulgar as novidades da engenharia e tecnologia para todos!

Quer receber mais notícias como essa? Cadastre-se neste site (aqui ao lado) e receba as novidades!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

  • http://www.bbc.com/portuguese/geral-41147058
  • http://invention.si.edu/woman-inventor-behind-monopoly
  • https://www.tecmundo.com.br/yahoo-/44009-marissa-mayer-uma-das-mulheres-mais-poderosas-do-mundo-da-tecnologia.htm
  • https://acrediteounao.com/25-invencoes-criadas-por-mulheres/
  • http://blog.shoppub.com.br/10-grandes-mulheres-e-suas-invencoes/
  • https://en.wikipedia.org/wiki/Olga_D._Gonz%C3%A1lez-Sanabria
  • http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2015/03/veja-10-mulheres-inventoras-que-revolucionaram-o-mundo.html
  • http://nodeoito.com/mulheres-inventoras/
  • http://top10for.com/top-10-inventions-women-changed-world/
  • http://www.tsf.pt/multimedia/galeria/vida/interior/16-invencoes-de-mulheres-que-mudaram-o-mundo-em-imagens-4438752.html
  • http://www.inventricity.com/nancy-johnson-inventor
  • https://en.wikipedia.org/wiki/Ann_Moore_(inventor)
  • http://www.cachoscomsardas.com/2017/03/4-mulheres-inventoras-que-mudaram-o.html

Anúncios