Especialistas em energia renovável da Universidade de Exeter, na Inglaterra, estão desenvolvendo uma técnica pioneira que pode acelerar a transformação generalizada de edifícios comuns em prédios com “consumo zero de energia” (quando a energia gasta é adquirida de forma renovável) por meio do mais recente sistema de construção com energia fotovoltaica (BIPV, na sigla em inglês).

Esse tipo de produto podem se tornar parte da arquitetura de um edifício para gerar eletricidade. A equipe em questão criou um bloco de vidro inovador, que pode ser incorporado em construções e é projetado para coletar energia solar e convertê-lá em eletricidade. Estima-se que edifícios sejam os responsáveis por consumir mais de 40% da eletricidade produzida em todo o mundo. Essa nova tecnologia permitiria a produção de eletricidade no local de uso, integrando-se totalmente ao edifício.

Os blocos, denominados Solar Squared, são projetados para se encaixarem perfeitamente em novos edifícios ou como parte de projetos de renovação em propriedades já existentes. Eles são semelhantes aos blocos de vidro decorativos comuns em muitas construções, que permitem a entrada de luz ao interior de uma propriedade e ao contrário dos blocos de vidro comuns o Solar Squared garante isolamento térmico. Eles foram fabricados com tecnologia para garantir a máxima absorção solar.

Solar Squared, possui lentes internas inteligentes que refletem a radiação solar recebida para pequenas células solares, aumentando a energia total gerada por cada célula solar. A eletricidade produzida fica, então, disponível para abastecer o prédio, ser armazenada ou usada para carregar veículos elétricos.

A equipe da Exeter, que criou a empresa Build Solar para comercializar e produzir o produto pioneiro, agora está buscando investimento para realizar testes comerciais do produto e, em seguida, levá-lo ao mercado – o que deve ocorrer em 2018. Dr. Hasan Baig, fundador da Build Solar e pesquisador do Instituto de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Universidade de Exeter, afirma que a criação de sua empresa pode ser benéfica para a economia do Reino Unido em longo prazo.

“Pretendemos criar tecnologias solares integradas, acessíveis, eficientes e atraentes, que tenham baixo impacto na paisagem local. É um empreendimento emocionante e que deve capturar a imaginação da indústria da construção quando se procura desenvolver novos blocos de escritórios e edifícios públicos ou projetos de infraestrutura, como estações de trem e estacionamentos”, disse o professor Tapas Mallick, assessor científico da Build Solar.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais, seja engenheiro, arquiteto ou simpatizante! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível para tentar mudar a vida de outras pessoas e melhorar o mundo!

Quer receber mais notícias como essa? Cadastre-se neste site (aqui ao lado) e receba as novidades!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

  • https://www.buildsolar.co.uk/
  • https://www.ecycle.com.br/component/content/article/37/5956-solar-squared-blocos-de-vidro-com-captaasao-solar-podem-tornar-geraasao-de-energia-sustentavel-em-predios.html
  • http://ciclovivo.com.br/noticia/blocos-de-vidro-que-geram-energia-solar-prometem-revolucionar-a-construcao/

 

 

Anúncios