Boas Notícias: paramédicos judeu e muçulmano rezam juntos em Israel e dão aula de convivência

Queremos mostrar que existe esperança em meio ao caos. Com tantas notícias tristes (relacionadas ao Coronavírus) que temos visto nos últimos dias resolvemos divulgar apenas boas notícias. O objetivo de deixar esses dias mais leves e esperançosos, aumentar a quantidade de boas vibrações para o mundo! Isso não quer dizer que o cenário atual não seja crítico, apenas que queremos tirar o foco do desastre e mostrar o lado bom da vida. E não se esqueçam: Fiquem em casa e lavem as mãos!

A notícia a seguir foi retirada do website: https://www.hypeness.com.br/

A pandemia de coronavírus tem unido antigos rivais para lutar contra um inimigo comum. A Covid-19 não olha renda, cor de pele, gênero ou religião e por isso, adversários políticos, países rivais e até religiões que sempre estiveram em conflito passaram a se unir para combater a doença que já infectou mais de um milhão de pessoas ao redor de todo o mundo. Um símbolo dessa união que viralizou por simbolizar os esforços conjuntos independente de preconceitos foi a dos paramédicos Avraham Mintz e Zoher Abu Jama, dois profissionais de saúde – um judeu e um muçulmano – rezando juntos em Israel no intervalo dos trabalhos contra o coronavírus.

A foto, compartilhada pela Magen David Adom, uma espécie de SAMU israelense, alcançou milhões de pessoas nas redes sociais por seu poder. Avraham, judeu, e Zoher, muçulmano, compartilham um momento de conexão com a espiritualidade juntos durante o trabalho contra a pandemia.

A foto que mostra membros de religiões diferentes na conflituosa região de Israel acabou viralizando como um símbolo de união dos povos contra a pandemia – https://www.hypeness.com.br/2020/04/coronavirus-paramedicos-judeu-e-muculmano-rezam-juntos-em-israel-e-dao-aula-de-convivencia/

“O mundo inteiro está lutando contra isso. Esta é uma doença que não diz a diferença entre qualquer pessoa, qualquer religião, qualquer gênero. Você deixa isso de lado. Trabalhamos juntos. Esta é a nossa vida.”, contou Abu Jama ao The New York Times.

Apesar da imagem ter viralizado durante os tempos de pandemia, Avraham e Abu afirmaram que essa é uma rotina de ambos. Os paramédicos trabalham de duas a três vezes juntos durante a semana e sempre rezaram juntos, compartilhando a diferença entre suas visões espirituais sem preconceito. A foto, registrada por um amigo, acabou sendo postada pelo próprio serviço de emergências e foi publicada em jornais ao redor de todo o mundo.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais, seja engenheiro, arquiteto ou simpatizante! Vamos fazer chegar ao máximo de pessoas possível! Conhecimento nunca é demais e com conhecimento poderemos mudar a vida de outras pessoas e melhorar o mundo!

Não se esqueçam: Fiquem em casa e lavem as mãos.

Quer receber mais notícias como essa? Cadastre-se neste site (aqui ao lado) e receba as novidades!

Tem dúvidas, críticas, sugestões? Divida comigo e me ajude a melhorar esse blog! Faça seu comentário!

Fontes:

Advertisements

Deixe uma resposta